A ‘Casa da Música’ na Expo-Cordeiro

Tenda Cultural comemora dez anos de sucesso

Uma mescla de sonoridades, simples ou elaboradas, mas agradáveis aos ouvidos; a diversidade e a similaridade de estilos frequentando o mesmo ambiente; tonalidades de vozes suaves, outras de agressividade marcante se revezando e cativando o público; músicos virtuosos deixando brotar dos instrumentos, em forma de acordes, o talento nato; a valorização do filho da terra se materializando no seio de sua festa maior.

Todos os relatos anteriores, embora absolutamente verdadeiros, talvez não consigam expressar integralmente o sentimento daqueles que vivenciaram, durante cinco dias, a intensidade das canções cantadas e tocadas num espaço que já tem lugar cativo no coração do povo: a Tenda Cultural, que literalmente se reafirmou como a ‘Casa da Música’ durante a Expo-Cordeiro.

Ao completar dez anos de sucesso ininterruptos, o espaço músico-cultural criado pela Secretaria de Cultura ratifica a força musical cordeirense, cuja fama teve início nos já saudosos festivais da canção e hoje se espalha pelo país, crescendo a cada ano exatamente porque a Tenda Cultural se transformou numa vitrine para os artistas locais. Muitos deles conquistam, através de suas apresentações, novos horizontes e alçam voos mais altos, indo além das fronteiras da Cidade Exposição.

Esse ano foram mais de 50 atrações ofertadas ao público na Tenda Cultural, envolvendo centenas de artífices da sonoridade, entre cantores, músicos, produtores e pessoal de apoio, todos lançando mão de um profissionalismo extremo, alvo de elogios dos expectadores, que se deliciaram com cada aparição, cada apresentação e demonstraram isso com aplausos e depoimentos em veículos da mídia e redes sociais.

Finalizado com chave de ouro, o espaço musical mais querido de cordeirenses e visitantes – fato que se comprova pela opção de muitos amantes da música, que permaneceram na Tenda Cultural, privilegiando a ‘Prata da Casa’ e deixando em segundo plano os artistas de renome do palco principal – deixa a certeza de que no ano que vem novos talentos surgirão, unindo-se àqueles que já habitam o coração e o gosto popular, afinal, Cordeiro se mantém na vanguarda e é um ‘Celeiro de Artistas’.

Feliz com o sucesso, Zica Medeiros dividiu o êxito com toda equipe, destacando o trabalho de Andreia Almeida, Ellen Oliveira, Rosângela Bandeira, Karla Erthal, Sueli Coutinho, Lu do Valle, Pedro Paulo Soares, Ednea Zavoli, Glazenete Costa, Jane Passareli, Laura Maria Coelho e Gesiele Coelho. “Foram fundamentais, trabalhando em em sintonia. Agradeço ao prefeito Luciano e à vice Maria Helena pela confiança”, declarou o secretário de Cultura.

IMPRENSA CORDEIRO/CIDADE EXPOSIÇÃO/ (TEXTO/LEGENDAS: RICARDO VIEIRA / FOTOS: GABRIEL MONNERAT)

Deixe uma resposta