Prefeitura paga metade do 13º salário a 1.093 servidores ativos e inativos

Gratificação natalina será creditada nesta sexta-feira, 15 de julho. No caso do Ipam, serão beneficiados 89% do total. Na Prefeitura, medida atende a 57%
Cantagalo – A Prefeitura de Cantagalo vai efetuar nesta sexta-feira, 15 de julho, o pagamento de metade do 13º salário a servidores ativos da Prefeitura e inativos do Ipam (Instituto de Pensão e Aposentadoria Municipal). Serão beneficiados aqueles que recebem até R$ 2 mil mensais. Por exemplo: quem ganha R$ 2 mil mensais vai receber a metade da gratificação natalina, ou seja, R$ 1 mil. Quem recebe R$ 800 mensais, receberá a metade, R$ 400.
O anúncio foi feito pelo próprio prefeito Saulo Gouvêa. Segundo ele, levando-se em conta a crise econômico-financeira e a brusca queda na arrecadação de tributos, que vem sendo registrada desde 2013, com agravamento do ano passado para cá, o pagamento é resultado de muito esforço da administração municipal.
Conforme dados divulgados pelas secretarias municipais de Fazenda, de Administração e do Ipam, a medida beneficia, na Prefeitura, a 608 servidores ativos, o equivalente a 57% do total. Já entre os aposentados e pensionistas do Ipam, a medida vai beneficiar diretamente 485 inativos, ou seja, 89% do total.
– Estou sentindo um grande alívio em ver que os nossos esforços no que diz respeito a planejamento e corte de despesas têm dado resultados e se refletem, agora, no pagamento desta primeira parcela da gratificação natalina, atendendo à grande maioria dos nossos servidores ativos e inativos. Estamos trabalhando para atender a todos e fechar o ano com todas as nossas contas em dia, o que inclui, principalmente, os servidores municipais – declarou o prefeito Saulo Gouvêa, acrescentando que continua trabalhando para pagar o benefício aos demais 43% dos servidores ativos e aos 11% dos inativos do Ipam que ganham acima de R$ 2 mil mensais.
Por lei, as empresas e órgãos públicos têm até o final de novembro para efetuar o pagamento do abono, mas o adiantamento de parte do benefício, além de desafogar a folha de pagamento da Prefeitura no final do ano, ajuda no orçamento dos trabalhadores. “Outro aspecto positivo do adiantamento é a movimentação da economia, já que grande parte dos servidores usa o dinheiro para fazer compras ou quitar dívidas no comércio do município”, lembra o prefeito.
De acordo com a Secretaria Municipal de Fazenda, essa primeira parcela será livre de qualquer desconto. As deduções legais (previdência, imposto de renda, entre outros) sobre a gratificação serão descontadas somente na segunda parcela do 13º salário, que será depositada no final do ano, para que os trabalhadores possam utilizá-lo em compras e nas festas de fim de ano.
Redação: Gilmar Marques
Foto: Divulgação

Deixe uma resposta