Buscando melhorias para o Regime de Previdência dos Servidores

Buscando melhorias para o Regime de Previdência dos Servidores

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post comments:0 Comentários

Atuário visita Cordeiro e auxilia nos estudos de adequação do IPAMC

IMPRENSA CORDEIRO/CIDADE EXPOSIÇÃO

A Reforma da Previdência tem sido notícia constante nos últimos meses. Diante das mudanças e, consequentemente, das adequações que deverão ser promovidas, o tema também se transformou numa preocupação para dez entre dez prefeitos brasileiros, já que as regras também terão reflexos no Regime de Previdência dos Servidores.

Visando se antecipar às readequações, aumentar a qualidade dos estudos para promovê-las e escolher dentre as alternativas aquelas que promovam ao município um melhor equilíbrio fiscal, o Instituto de Pensão, Aposentadoria e Benefícios do Município de Cordeiro (IPAMC) recebeu, na quarta-feira, 12, a visita do atuário José Guilherme Fardin, que promoveu uma palestra minuciosa e esclarecedora sobre o tema.

Durante a exposição feita no Centro Cultural Ione Pecly e acompanhada por servidores municipais, Fardin elogiou os profissionais pela condução dos trabalhos no IPAMC, enalteceu o prefeito por se preocupar com o futuro dos funcionários e disse que todos os estudos feitos em Cordeiro estão voltados à promoção das garantias dos servidores, para que estes tenham total segurança quanto aos seus direitos e benefícios.

Ao lado da vice Maria Helena, o prefeito Luciano Batatinha disse que se viu obrigado a frear ações e obras para cumprir compromissos fiscais, incluindo as responsabilidades com o Instituto de Pensão, ao que foi elogiado pelo atuário Guilherme Fardin. “Essa posição do prefeito é legítima, pois o servidor é o alicerce do município. Por isso, estamos debruçados nos estudos para buscar as melhores soluções”, garantiu.

Anfitriã do encontro, Carla Salgado, servidora municipal e presidente do IPAMC, agradeceu pelos elogios à equipe, acrescentando que todas as iniciativas e atos da entidade seguem o rigor da lei. Ela ainda se disse tranquila em poder receber as orientações de um profissional experiente. “Isso nos oferece a chance de escolher criteriosamente os trabalhos técnicos visando às adequações necessárias em todas as áreas. Trata-se de um trabalho conjunto sério em defesa dos servidores”, reforçou.

Deixe uma resposta