Macuco é considerado o melhor IDEB do Centro Norte Fluminense

Macuco é considerado o melhor IDEB do Centro Norte Fluminense

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) é um indicador criado pelo governo federal para medir a qualidade do ensino nas escolas públicas.
O IDEB foi criado em 2007 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), no âmbito do Plano de Desenvolvimento da Educação, para medir a qualidade de ensino no território nacional. O IDEB é medido a cada dois anos e apresentado numa escala que vai de zero a dez.
O IDEB 2019, divulgado nesta semana, apresentou Macuco como primeiro município da Região Serrana em qualidade de educação e o décimo sexto num ranking estadual, entre 92 municípios.
Nas redes sociais, a atual secretária de educação, a professora e pedagoga Luciana Backer Boaretto, comentou a conquista.
“Longe de ranking, é o fruto de um trabalho sério e comprometido com a educação de um município tão pequeno, mas cheio de potencial! Faltam palavras pra agradecer, pra elogiar, pra exaltar! Apenas gratidão, a cada um que contribuiu para que esse resultado fosse real!“, afirmou.
A rede municipal de ensino em Macuco é composta por aproximadamente 970 alunos, com três escolas municipais e uma creche.
“Um trabalho de base, vindo desde os primeiros anos escolares, não é um trabalho feito apenas com a turma do quinto ano, foi todo um acompanhamento, ao longo de três anos de trabalho para desenvolvimento de habilidades e competências necessárias ao ano escolar“, garante a secretária.
O município de Macuco trabalha em rede, as três escolas caminham juntas, com orientações educacionais por ciclos. Educação Infantil, Primeiro Ciclo, que envolve os três primeiros anos, e o segundo, envolvendo quarto e quinto.
“Nessa fase, introduzimos, desde o início da nossa gestão, o programa Aprova Brasil, no qual o principal objetivo é preparar para a Prova Brasil, que é um dos indicadores do IDEB. Um professor de Matemática e um de Língua Portuguesa fazem o acompanhamento dessas turmas e coordenam seus professores para o treinamento da prova, através de simulados bimestrais e o preparo e aplicação do SAEM, que é uma avaliação anual do município que premia com Notebooks os melhores colocados na prova“, informa a pedagoga Luciana Boaretto.
A parceria com as escolas estaduais também garante esse retorno, para que tenham o feedback necessário pra avaliar a condição que esses alunos chegam no sexto ano escolar, quando deixam a rede municipal.
A secretária de Educação explica como funciona o IDEB. “É muito importante ressaltar que a nota do IDEB não é apenas a nota da prova, que esse ano foi uma das melhores alcançadas. É feito uma média entre a nota da prova e o índice de aprovação/reprovação em todos os anos escolares, o que fez com que nosso índice não tivesse sido ainda melhor. Caso não tivéssemos reprovação, teríamos uma média de 6,4, mas é fundamental esclarecer que a reprovação, em especial no primeiro ano, não é a ‘perda’ de um ano, e sim um ganho pra toda vida“, garante.
A Secretaria Municipal de Educação realiza um trabalho de acompanhamento dos alunos. “Sou pedagoga, faço questão de acompanhar o trabalho pedagógico junto de minha equipe, e a criança que, porventura, no primeiro ou segundo ano escolar, que não domine com confiança as habilidades e competências necessárias para uma aprendizagem satisfatória, nós chamamos a família, conversamos e optamos pela retenção dela. E é impressionante o resultado, no ano posterior, as dificuldades são rapidamente sanadas e a criança deslancha no caminho do saber.
Quando a dificuldade vai além de uma imaturidade passageira, todo um acompanhamento médico e multidisciplinar é oferecido aos alunos no CAEEM – Centro de Atendimento Educacional Especializado de Macuco. É um trabalho que funciona e o segredo é a dedicação e muito aperfeiçoamento da equipe e dos profissionais para enfrentarmos os novos desafios educacionais que surgem a cada dia“, informa Luciana Boaretto.
A Prefeitura oferece também na rede municipal um programa de reforço escolar e o “Mais Atividades“, que oferece uma gama de esportes, fator também necessário para o desenvolvimento saudável de uma criança, além da alimentação equilibrada.Os resultados e projeções do IDEB podem ser conferidos no site: http://ideb.inep.gov.br/ASCOM/MACUCO

Deixe uma resposta