Profissões ligadas a tecnologia são mais promissoras

  • Post Author:
  • Post Category:Sem categoria
  • Post Comments:0 Comentários

Conquistar um bom emprego é a meta de muitas pessoas em 2020 e a formação técnica é uma das portas de entrada para o mercado de trabalho. Investir num curso técnico pode ser um caminho mais rápido para alcançar este objetivo.

A formação técnica é considerada por muitos uma opção mais interessante, já que requer menos tempo e menor investimento que uma graduação. E até pode ajudar na escolha do curso superior no futuro, caso este seja o desejo.

Levantamento feito pelo Senai mostrou que as profissões ligadas à tecnologia estarão entre as mais promissoras, pelo menos nos próximos cinco anos. No período, ocupações que têm a tecnologia como base não só motivarão a abertura de novos postos de trabalho como exigirão a requalificação de parte da mão de obra hoje disponível.

A demanda será maior por profissionais qualificados dos níveis superior e técnico, mas o topo do ranking, no entanto, deverá ser liderado pelas chamadas ocupações transversais, compreendidas como aquelas cujos profissionais estão aptos a trabalhar em qualquer segmento, como pesquisadores e desenvolvimento, técnicos de controle da produção e desenhistas industriais. Técnicos de controle de produção; de planejamento e controle de produção; em eletrônica; eletricidade e eletrotécnica e em operação e monitoração de computadores estão entre as 20 ocupações transversais que mais exigirão formação entre 2019 e 2023.

Em Nova Friburgo, a Firjan SENAI abrirá turmas nos cursos técnicos em Eletrotécnica e Mecatrônica com início das aulas em fevereiro.


Segundo Edson Melo, gerente de Educação Profissional da Firjan SENAI, os dois cursos têm forte correlação com novos temas do mundo do trabalho. “Com amplo leque de atuação, o técnico em Mecatrônica é um dos profissionais mais requisitados no mercado por estar ligado à melhoria dos processos, ganho de produtividade e redução de custos. Já o profissional de eletrotécnica tem atuação transversal e pode trabalhar em diversos tipos de empresas e segmentos, inclusive partindo para áreas de energia renováveis, eficiência energética, automação e robótica”, explicou Melo.


O gerente destaca ainda as vastas possibilidades que os trabalhadores com essas habilidades podem alcançar: “A indústria segue em evolução com novas ferramentas e tecnologias e cada vez mais conectada. Assim, passou a exigir profissionais cada vez mais qualificados e dispostos a novos conhecimentos e competências, portanto é fundamental estar atualizado para se destacar no mercado”, afirmou.

A metodologia utilizada pela Firjan SENAI certifica que o estudante, ao término o curso, esteja capacitado e com conhecimentos necessários frente às novas exigências do mercado, assim como ciente do contexto da sua atuação profissional que irá desempenhar. As atividades ministradas associam a prática a teoria, inclusive com desenvolvimento de projetos integradores, garantindo que o aluno saia do curso preparado para enfrentar os desafios da profissão.

Deixe uma resposta