Shows com as músicas que o povo ama e canta

Aclamados, artistas encantam milhares de fãs na Expo-Cordeiro

A 77ª Exposição Agropecuária de Cordeiro parece ter agradado em cheio aos milhares de cordeirenses e visitantes que frequentaram o Parque de Exposições Raul Veiga entre os dias 17 e 21 de julho. A qualidade de todas as atrações, especialmente quanto à grade de shows do palco principal, fez o público ficar cara a cara com artistas de renome internacional e o que é melhor: com entrada franca nos cinco dias de festa.

E o resultado não poderia ser outro senão a constatação de que os fãs se esbaldaram com tudo que puderam acompanhar. Em estado de êxtase, eles cantaram junto com seus artistas favoritos todas as canções que tanto amam e que já estão na boca do povo. Além disso, a receptividade, simpatia e acolhimento dos artistas funcionaram como ingredientes extras para que a programação fosse apontada como uma das melhores dos últimos anos em termos regionais.

Carisma e intimidade ditaram o ritmo das duas primeiras noites. Felipe Araújo mostrou ser um ícone da nova geração de românticos sertanejos. Empolgado com a interação com os fãs, ele estendeu sua apresentação em meia hora além do combinado. Nem a queda de energia elétrica atrapalhou a sinergia com os expectadores. Já o pop rock do Jota Quest foi acústico, com as canções da banda mineira proporcionando uma viagem ao mágico mundo dos sons, embalando as lembranças dos admiradores.

Após completar recentemente 10 anos de carreira, Marcos e Belutti foram a sensação da sexta, dia 19. Eles se comoveram ao serem auxiliados por um gigantesco coral de vozes vindas do grande público para interpretar sucessos como ‘Domingo de Manhã’ e ‘Romântico Anônimo’. Na ginga do bom e velho samba de raiz, Xande de Pilares foi ovacionado pelo povão no sábado, 20. Ele recebeu o reconhecimento pela receptividade e forma calorosa destinada aos fãs antes, durante e depois da apresentação, que rememorou canções como ‘Tá Escrito’, que sacudiu a galera.

Coube aos idolatrados e sempre aguardados Zezé di Camargo e Luciano encerrar as atividades musicais da Expo-2019, o que fizeram, como de costume, com extrema desenvoltura e muito talento. Novamente as vozes se uniram a eles para evidenciar sucessos como ‘É o Amor’, ‘Flores em Vida’ e ‘No Dia em Que Saí de Casa’. Velhos conhecidos de Cordeiro, pois já fizeram parte da programação oficial de outras exposições, Zezé e Luciano foram carinhosos e afáveis com os fãs de todas as idades.

Segundo os organizadores, durante os cinco dias de programação, aproximadamente 200 mil expectadores acompanharam as apresentações no palco principal. Depois das figuras carimbadas da música nacional, o camarote também reuniu centenas de pessoas todas as noites com uma programação animada e diversificada. (TEXTO/LEGENDAS: RICARDO VIEIRA /FOTOS: HENRIQUE JULIO)

Deixe uma resposta