Cordeiro une forças para combater o Aedes aegypti
?????????????????????????????????????????????????????????

Cordeiro une forças para combater o Aedes aegypti

Apesar do grande número de notificações, cidade tem 184 casos de dengue oficialmente confirmados

ASCOM – Prefeitura de Cordeiro

Assim como a maioria dos municípios do Estado do Rio de Janeiro, Cordeiro trava uma verdadeira batalha contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, do zica vírus e da chikungunya. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, apesar dos 1.098 casos notificados, apenas 184 foram oficialmente confirmados.

Sobre a divulgação de um número maior de casos, o secretário de Saúde, Márcio Barbas, esclarece que são informações extraoficiais. Ele afirma, ainda, que não foram confirmados casos de zica e chikungunya no município. “É importante ressaltar que estamos trabalhando com seriedade e transparência, sem esconder casos. Solicitamos, inclusive, que as pessoas que realizam exames na rede particular nos informem no caso de o resultado ser positivo”.

Várias ações de combate ao mosquito transmissor foram adotadas pela prefeitura desde que os governos federal e estadual alertaram sobre a possibilidade de epidemia. A equipe de Epidemiologia trabalha diariamente no Hospital Antonio Castro, onde faz as notificações dos casos suspeitos, assim como a autorização dos exames sorológicos específicos para dengue. As equipes das Estratégias da Saúde da Família estão realizando os atendimentos e fazendo notificações dos casos suspeitos, conforme a procura da população.

Os agentes de endemias, em conjunto com a Secretaria de Obras, realizam mutirões para detectar focos e recolher entulhos, ação que será intensificada a partir da próxima semana. Os agentes também realizam visitas domiciliares para detectar possíveis focos de larvas do mosquito. As larvas encontradas são analisadas e, posteriormente, o morador fica ciente da positividade ou não para dengue. É importante ressaltar que estas larvas são eliminadas com inseticida no próprio local.

Secretario estadual de Saúde visita a cidade
Após solicitação da Secretaria Municipal de Saúde, a Subsecretaria Estadual de Vigilância em Saúde iniciou, na sexta, 29, o fornecimento de insumos, como soro para hidratação, analgésicos específicos e mobília para hidratação ao Hospital Antonio Castro. No sábado, 30, o secretário estadual de Saúde, Luiz Antonio de Souza Teixeira Junior, visita o município, às 12 horas, para acompanhar a situação.

O uso do fumacê está sendo feito nos locais de maior incidência de casos suspeitos de dengue e passará posteriormente para os de menor incidência. Já receberam a nebulização de inseticidas os bairros Retiro Poético, Pirazzo, Recanto das Palmeiras, Auto do Retiro, Sena Campos e Rodolfo Gonçalves. O serviço só é paralisado quando o tempo está chuvoso, para garantir a eficácia do inseticida.