Dornelles: “O decreto tem o objetivo de mostrar para a sociedade o estado de calamidade financeira do Rio”
????????????????????????????????????

Dornelles: “O decreto tem o objetivo de mostrar para a sociedade o estado de calamidade financeira do Rio”

O governador em exercício Francisco Dornelles falou há pouco sobre o decreto que estabelece estado de calamidade pública no âmbito da administração financeira do Estado do Rio de Janeiro, publicado, nesta sexta-feira (17/6), no Diário Oficial.

De acordo com Dornelles, “o decreto tem como objetivo mostrar para toda a sociedade do Rio de Janeiro a calamidade financeira que vive o estado, abrindo caminho para que medidas muito duras possam ser tomadas para reverter o quadro crítico que vivemos”.

– Eu quero que todas as pessoas entendam que o Estado vive uma grande crise financeira. Houve problemas na área do petróleo, recessão econômica, problema na siderurgia, problema no setor automobilístico, perdemos uma grande arrecadação de ICMS, perdemos uma grande quantidade de royalties do petróleo, e essa medida de calamidade pública tem como objetivo chamar a atenção de cada cidadão para as dificuldades financeiras que vive o estado – destacou Dornelles.

Perguntado sobre sua expectativa em relação à ajuda do governo federal diante da situação de calamidade pública no estado, o governador em exercício afirmou que conta com a parceria da União.

– Eu espero do governo federal um trabalho conjunto na área da segurança, da saúde, da mobilidade, do saneamento, que são pontos extremamente importantes para o Rio de Janeiro.

Em relação ao encontro com o presidente interino, Michel Temer, ocorrido na noite de ontem, Dornelles contou que foram tratados temas importantes para o estado.

– Nós apresentamos ao presidente Michel Temer as preocupações do Rio de Janeiro no campo da mobilidade urbana, da segurança, do saneamento, da saúde. Pedimos tropas federais durante as Olimpíadas, ajuda para a finalização do Metrô e para as áreas de mobilidade – afirmou, ressaltando que, na próxima segunda-feira (20/6), haverá uma reunião em Brasília com os governadores e o presidente Temer, “e esperamos que exista um grande entendimento, porque os estados não têm condições de pagar as suas dúvidas”.

Sobre a realização das Olimpíadas, o governador em exercício foi enfático:

– Os Jogos Olímpicos vão ser um verdadeiro sucesso. Nenhum país vai fazer Jogos Olímpicos tão bem feitos, tão bem equacionados como o Rio de Janeiro e o Brasil.

Deixe uma resposta