FEVEST movimenta o turismo e fomenta o setor econômico de Nova Friburgo

FEVEST movimenta o turismo e fomenta o setor econômico de Nova Friburgo

Prefeitura de Nova Friburgo lança anteprojeto de lei para criação da Festa da Truta após abertura da FEVEST

A FEVEST, a mais importante feira brasileira do setor de moda íntima, praia, fitness e matéria-prima foi aberta nesta quarta-feira, 06. O principal evento de negócios de Nova Friburgo, que é o maior polo fabricante de moda íntima em todo o Brasil, movimenta também o turismo do município, como informou o secretário de Turismo, Nauro Ghres.

“A feira nos traz a ocupação. Agora estamos com hotéis lotados e esse transbordamento que ela está trazendo, com vista no turismo, é ótimo. O turismo vem sempre para agregar valor. Esse transbordamento no fim de semana é uma prática habitual nos eventos de turismo e com a FEVEST agora, mostrando sua modernidade, que vai agregar mais dois dias de vendas no varejo, fará com que as pessoas fiquem e conheçam a cidade”, disse Nauro.

Outro setor de Nova Friburgo também foi destacado durante a abertura do evento, o setor econômico e a gestão fiscal municipal. A subsecretária estadual de Comércio e Serviços, Dulce Ângela de Carvalho, e o presidente do Sistema FIRJAN, Eduardo Eugênio, fizeram questão de ressaltar no discurso de abertura que o município caminha na “contramão” do país e do estado, que estão afundados em crise, enquanto Nova Friburgo segue desenvolvendo-se economicamente.

Logo após a abertura oficial da FEVEST, no stand do SEBRAE, a Prefeitura realizou o pré-lançamento do anteprojeto de lei que visa a criação da Festa da Truta e o fomento do cultivo da truta no município, como explicou o secretário de Agricultura, Selmo de Oliveira Santos.

“A ideia é trazer para o poder público a responsabilidade de fazer as normativas do cultivo da truta, fomentar a produção das suas mais variadas práticas e o anteprojeto de lei é exatamente isso. Essa lei cria a Festa da Truta de Nova Friburgo e, a partir daí, diversos eventos são desdobrados igualmente a Festa da Flor. Evidencia o seguimento, da visibilidade e tem um caráter mais público, pois, até então, as festas da truta eram muito informais, não tinham a responsabilidade pública. Com o advento desse anteprojeto de lei, o município passa a ter a corresponsabilidade de trabalhar o desenvolvimento do cultivo da truta no município”, salientou o secretário.

O objetivo do anteprojeto de lei é dar visibilidade à truta, aumentar a produção e o consumo no município, além de ser mais um atrativo turístico, já que a truta é um peixe diferenciado, contemplando não só os produtores, como também o consumo e o turismo, sendo mais um atrativo para Nova Friburgo. A ideia é de que a Festa da Truta seja realizada sempre no segundo sábado do mês de julho.

Texto: Anderson Frez
Fotos: Daniel Marcus

Deixe uma resposta