Francisco Caldas assume a Seplag no lugar de Cláudia Uchôa

A Secretária Cláudia Uchôa deixou hoje o comando da Seplag. Em reunião no Palácio Guanabara com o governador em exercício Francisco Dornelles, no início da noite de terça-feira, ela comunicou que deixaria o cargo por motivos pessoais. Em seu lugar, assumiu o Subsecretário Geral de Fazenda, Francisco Caldas de Andrade Pinto.

 Cláudia Uchôa, 59 anos, foi nomeada Secretária de Estado de Planejamento e Gestão em 19 de dezembro de 2014. Anteriormente, ocupava o cargo de Subsecretária Geral da Secretaria de Estado de Fazenda, desde julho de 2014.

 Mestre em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas e graduada em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC), é servidora pública estadual de carreira e, em sua trajetória profissional, já ocupou diversos cargos.

 Foi secretária de Fazenda do município de Duque de Caxias (RJ) e, de 2009 a julho de 2014, foi Subsecretária de Planejamento da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag).

 Durante sua gestão à frente da Seplag, Cláudia Uchôa fez uma reforma administrativa interna, reestruturando a Secretaria através da fusão de algumas Subsecretarias e da organização dos cargos de chefia.

 Também promoveu uma aproximação maior da Seplag com os servidores do Estado, com a criação de uma área de Relacionamento com o Servidor dentro da Subsecretaria de Gestão de Pessoas. No mesmo sentido, foi lançado o novo Portal do Servidor e a nova Intranet, e foram foram realizadas diversas capacitações para melhorar a qualificação do pessoal da Seplag e do Estado como um todo.

 O engenheiro Francisco Caldas de Andrade Pinto, 56 anos, era Subsecretário Geral de Fazenda desde dezembro de 2014. Antes disso foi Subsecretário Geral da Seplag, de 2007 a julho de 2014, quando assumiu o comando da Secretaria, onde permaneceu até dezembro daquele ano.

 Com formação original em Engenharia Civil, Mestrado em Ciência da Computação pela UFF e Doutorado em Administração Pública na Fundação Getúlio Vargas, além de um MBA em Finanças e Engenharia Econômica e outro em Regulação Financeira e Econômica, também na FGV.

 Em sua trajetória profissional no setor público, já ocupou, entre outros, os cargos de Secretário de Controle Municipal e Gerente de Programas de Financiamento de organismos de fomento, tais como Banco Mundial e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em programas de Gestão na Administração Brasileira.

Deixe uma resposta