Macuco aparece bem no Ranking de Eficiência dos Municípios

Macuco aparece bem no Ranking de Eficiência dos Municípios

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post comments:0 Comentários

Pesquisa mostra que a administração é eficiente na aplicação de recursos

ASSESSORIA DE IMPRENSA – PREFEITURA DE MACUCO

Um trabalho inédito lançado em parceria pela Folha de São Paulo e o Instituto Datafolha avaliou durante um ano o desempenho das prefeituras brasileiras com o objetivo de conhecer as que oferecem mais serviços básicos à população utilizando menor volume de recursos financeiros. Trata-se do Ranking de Eficiência dos Municípios (REM-F), que leva em conta indicadores de saúde, educação e saneamento para calcular a eficiência da gestão em 5.281 municípios, ou 95% do total de 5.569.

Apesar das dificuldades enfrentadas com a crise financeira e de ser um dos menores municípios do Estado do Rio de Janeiro e também um dos que menos arrecada, Macuco figura numa posição destacada entre os municípios brasileiros, aparecendo como o 526º, o que comprova estar entre os considerados eficientes na aplicação de recursos pela pesquisa. Na Região Serrana, Macuco está atrás de Cordeiro e Carmo.

Os principais indicadores do REM-F dão conta da eficácia quanto aos serviços de educação, saúde, saneamento e finanças. No caso da educação foram levados em consideração os percentuais de crianças com idade entre 4 e 5 anos matriculadas no ensino fundamental e de 0 a 3 nas creches. Sobre saneamento foram considerados os percentuais de domicílios na rede de fornecimento de água, esgoto e os atendidos pelo sistema de coleta de lixo. Na saúde foi levantada a cobertura por equipes de atenção básica e o número de médicos por habitante no município.

Numa escala de 0 a 1, somente 24% das cidades atingiram 0,50 e, por isso, foram consideradas eficientes, como é o caso de Macuco. Pesquisa do Datafolha mostra que só 26% dos brasileiros aprovam a gestão de suas prefeituras. O levantamento revela que nos 5% menos eficientes, com índice de até 0,30, o funcionalismo cresceu 67% entre 2004 e 2014, em média. A população aumentou 12% no período.

Em crise, os municípios espelham também alguns dos principais desafios do país, como o crescimento do gasto público, a dependência de verbas federais, a perda da dinâmica da indústria e a ascensão do agronegócio. “Num universo de mais de 5.000 municípios Macuco figurar nessa posição comprova que estamos no caminho certo e administrando pelo bem comum. O índice ‘eficiente’ comprova que nossos esforços não estão sendo em vão”, comemora o prefeito Félix Lengruber.

Deixe uma resposta