Operação Barreira Fiscal apreende caminhão transportando mais de 2 mil peças de lingerie sem pagamento de imposto

Operação Barreira Fiscal apreende caminhão transportando mais de 2 mil peças de lingerie sem pagamento de imposto

Durante abordagem de rotina, agentes da Operação Barreira Fiscal, do Posto de Nhangapi, em Itatiaia, apreenderam, na manhã desta segunda-feira (18/04), um caminhão reboque que transportava 2.347 peças íntimas sem recolhimento de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). O caminhão vinha de Friburgo, no Rio de Janeiro com destino a São Paulo. O Auditor Fiscal da Secretaria da Fazenda autuou o proprietário e a mercadoria ficou retida até o pagamento do imposto devido.
Na última quinta-feira (dia 14/4), auditores da Receita Estadual e agentes da Barreira Fiscal do posto de Levy Gasparian, realizaram uma operação volante na BR 040, km 6, para coibir a sonegação fiscal. Durante a operação, três caminhões foram abordados transportando 82.350 kg de sucatas sem o recolhimento do imposto devido. Os caminhões estavam saindo do Rio de Janeiro com destino a cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Os caminhões foram autuados e liberados após o pagamento do imposto.
A Operação Barreira Fiscal foi lançada pela Secretaria de Estado de Governo com o objetivo de apoiar a Secretaria de Estado de Fazenda na fiscalização do trânsito de mercadorias no estado e coibir a sonegação de ICMS, além de atuar na apreensão de drogas, armas e produtos pirateados e combater crime ambientais. A Barreira Fiscal conta com cinco postos fixos de fiscalização: Nhangapi (Via Dutra, em Itatiaia), Levy Gasparian (BR 040), Mato Verde (BR-101 Norte), Angra dos Reis (BR-101 Sul) e Timbó (RJ-186, no Trevo de Itaperuna). Além de uma unidade volante da operação que percorre as principais rodovias do estado.
A Operação deu início às suas ações no dia 1º de fevereiro de 2010. Desde então, os agentes cumpriram 192 mandados de prisão. Além disso, foram feitos 13.039 registros de ocorrência por diversas irregularidades, sendo 9.086 por porte de entorpecentes. No total, foram apreendidos cerca 2.533 kg de drogas. Neste período, foram feitos 703 registros de pirataria, totalizando 50 toneladas de produtos ilegais. E, ainda, foram apreendidas 227 armas e 5.810 munições de diversos calibres. Vinte e cinco veículos roubados foram recuperados.

Deixe uma resposta