Pezão diz que, diante da queda do PIB, todos estados terão que fazer ajustes
????????????????????????????????????

Pezão diz que, diante da queda do PIB, todos estados terão que fazer ajustes

Governador está em Brasília, onde participou de reunião com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles

AGÊNCIA BRASIL

Rio – O governador Luiz Fernando Pezão disse hojeque dos 27 estados, mais de 15 têm ajustes feitos nas contas e não têm o desequilíbrio fiscal que tem o estado do Rio. O governador destacou que, diante da queda do Produto Interno Bruto (PIB), os ajustes propostos pelo governo federal são necessários. Pezão está em Brasília, onde participou de reunião com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. “Diante da queda no PIB, todos terão que fazer ajustes. Muito fortes”, disse ao deixar o encontro.

Antes do governador do Rio, o ministro Henrique Meirelles reuniu-se com o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, que pediu, no Ministério da Fazenda, ações “regionalizadas” por acreditar que é difícil um pacto único para todos os estados. Para o governador  as medidas não podem ser iguais para Santa Catarina ou Paraná, que são ricos, e Rio Grande do Norte ou Paraíba.

Questionado sobre a reivindicação do governador do Rio Grande do Norte, Luiz Fernando Pezão disse entender que os estados que fizeram os ajustes anteriormente querem tratamento diferenciado. Esse é um assunto, antecipou, que deve voltar a ser discutido amanhã em uma reunião com a equipe do Ministério da Fazenda.

“A gente vai discutir amanhã os pontos em comuns. O governo federal tem exigências para que os estados que não fizeram seus ajustes, que façam. Que mandem leis para as assembleias [com os ajustes]”, disse. “Trouxemos algumas ideias para nós atravessarmos 2017, 2018”.

Pezão disse ainda que na reunião de hoje no Ministério da Fazenda foi o representante da Região Sudeste na questão da repatriação e que amanhã terá uma reunião com o ministro Henrique Meirelles e o presidente Michel Temer.

Deixe uma resposta