Primeiro encontro empolga participantes do ‘Papo de Responsa’

Primeiro encontro empolga participantes do ‘Papo de Responsa’

Implantado em Macuco, projeto tem cunho preventivo e educacional

ASSESSORIA DE IMPRENSA – PREFEITURA DE MACUCO

Deflagrando ações de prevenção às drogas e conscientização sobre a violência e o papel do policial na sociedade, o projeto ‘Papo de Responsa’, cuja metodologia é aplicada pela Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, já começa a beneficiar jovens e adolescentes macuquenses, após a parceria firmada pelo Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas de Macuco (COMAD).

O ‘Papo de Responsa’ utiliza como espaço de atuação escolas de segundo segmento e ensino médio. Em Macuco, nesse primeiro momento, o trabalho está sendo desenvolvido no Colégio Estadual José Carlos Boaretto, onde deverão ser atendidos aproximadamente 250 alunos e cujas primeiras impressões, após a reunião inicial realizada com o Corpo Docente, foram as melhores possíveis, deixando as profissionais de educação da instituição empolgadas com a possibilidade de os alunos receberem orientações repassadas de forma simples, objetiva e com uma linguagem acessível.

Segundo a diretora do educandário, Luciana Boaretto, o que se viu causou uma espécie de encantamento no ambiente escolar, pois despertou a ideia de que é possível continuar acreditando que o mundo tem jeito e que os problemas têm a possibilidade concreta de serem solucionados. “Num momento delicado do país, onde até mesmo a educação tem caído em descrédito, pudemos ver nossos companheiros de luta vibrando e com os olhos brilhando pela magnitude desse projeto. É acreditando e apostando na educação que vamos ver esses meninos e meninas realizar seus sonhos, planejar um futuro digno e construir um mundo melhor em todos os sentidos”, disse Luciana.

Experiente e bem preparada, a equipe da Polícia Civil, com os policiais Érica, Jam e Fernando, expôs as diretrizes do projeto com clareza e objetividade. “Preciso elogiá-los pela aula que nos deram, demonstrando que baixando as armas e usando a voz como instrumento de transformação, podemos alcançar grandes conquistas com nossa juventude. Agradeço também ao Beto Chaves, idealizador desse belíssimo projeto, que resgata tantas vidas; à Fernanda Machado, pessoa do bem que luta arduamente e faz a diferença em Macuco; e à minha equipe, que mesmo diante das dificuldades ‘grita’ em defesa da educação em nossa terra”, relatou Luciana Boaretto.

Presidente do COMAD, Fernanda Machado também destacou a repercussão positiva do encontro. “Quando desvendamos os segredos dos três pilares do programa, que são Educação, Segurança Pública e Juventude, fica fácil constatar a grandeza dessa ação, que também vem ao encontro da política de prevenção defendida pelo prefeito Félix Lengruber”, colocou a presidente do conselho.

Deixe uma resposta