‘Rio de Janeiro está ficando ingovernável’, reconhece Pezão

‘Rio de Janeiro está ficando ingovernável’, reconhece Pezão

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post comments:0 Comentários

Ele negou que tenha ameaçado o presidente Michel Temer com um pedido de intervenção federal, mas reconheceu que pediu uma “trégua”

O DIA

Rio – O governador Luiz Fernando Pezão afirmou, em entrevista na manhã desta sexta-feira, que “o Rio de Janeiro está ficando ingovernável” por conta da crise financeira. Ele negou que tenha ameaçado o presidente Michel Temer com um pedido de intervenção federal, mas reconheceu que pediu uma “trégua” por não ter “mais condições”.

“Conversei com o Temer e com a secretário do Tesouro Nacional e pedi que tivéssemos um período de trégua do Tesouro. (…) Se tinha que cortar 100%, que cortasse 60%, 70%, para respirarmos e fazermos a travessia nesse momento de queda na arrecadação do país”, disse à Rádio CBN. Esta trégua seria uma intervenção da União no Estado.

O governador minimizou também a rejeição da cúpula do PMDB na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) ao pedido de aumento do desconto previdenciário de aposentados e pensionistas do estado. Ele pretente reapresentá-la na Casa.

“Nós mandamos 22 mensagens, houve o recuo só em uma, onde o presidente devolveu, mas estamos negociando para ser reapresentada ao parlamento e a luz vai nascer da discussão. As outras 21 matérias vão ser discutidas. Ele achou, e toda nossa bancada e líderes de outros partidos que a alíquota que colocamos para equilibrar a previdência é muito excessiva e lesava quem ganhava menos. Mas nós vamos arranjar outras soluções onde este déficit da previdência ele seja, em boa parte, melhorada. (…) Esta é a medida que traz mais recursos”, disse.

Deixe uma resposta