Rio investe em ações de acessibilidade

Rio investe em ações de acessibilidade

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post comments:0 Comentários

Transportes estão sendo adaptados para Jogos Olímpicos e Paralímpicos

Além de dar mais visibilidade aos atletas e às modalidades praticadas, os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, serão uma grande oportunidade de chamar a atenção da sociedade e dos gestores públicos para a acessibilidade.

Para facilitar o embarque de passageiros em cadeiras de rodas ou com mobilidade reduzida, a Secretaria de Transportes testa um novo modelo de plataforma elevatória para ônibus urbanos. O equipamento conta com tecnologia nacional e capacidade para 250 quilos. Ainda em fase de testes, a nova plataforma tem menor tempo de operação em relação aos modelos convencionais: cerca de 2,5 minutos.

Além disso, para os Jogos Olímpicos, a SuperVia está reformando seis estações de trem. São R$ 250 milhões investidos em maior capacidade, conforto, acessibilidade e comodidade aos usuários.

– O desafio da acessibilidade é grande, mas estamos confiantes de que o Rio de Janeiro estará apto a receber atletas e visitantes durante os Jogos Olímpicos com comodidade nos transportes de alta capacidade – disse o secretário de Transportes, Carlos Roberto Osorio.

A cidade de Niterói, na Região Metropolitana do Rio, também tem avançado na acessibilidade, desde que criou a Coordenadoria Municipal de Acessibilidade.

– Trabalhamos com a questão das calçadas, com rampas, e sem buracos e obstruções para cegos e cadeirantes. Em breve, a Praia de Icaraí será mais acessível – afirmou a arquiteta Fernanda Boechat, que integra a coordenadoria.

Corredores largos, portas com no mínimo 90 centímetros e interruptores em altura adequada estão entre as indicações apontadas pela cartilha do Instituto Brasileiro dos Direitos da Pessoa com Deficiência (IBDD).

Deixe uma resposta