Samu de Cantagalo comemora dois anos e ultrapassa dois mil atendimentos

Samu de Cantagalo comemora dois anos e ultrapassa dois mil atendimentos

Confraternização contou com coquetel e bolo. Prefeito lembrou que ambulância ficou parada mais de três anos antes do início do serviço
Cantagalo – Inaugurada em 5 de maio de 2014, a unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Cantagalo chega aos dois anos de funcionamento com 2.017 atendimentos entre urgência (assistência rápida, mas sem risco à vida) e emergência (ameaça iminente à vida). A informação foi divulgada nessa quarta-feira, 11 de maio, quando a equipe do Samu recebeu convidados para uma confraternização que marcou os 24 meses de funcionamento e sucesso da unidade.
Coordenadora da base, a enfermeira Rita de Cássia Thomé Guedes explicou que a unidade de Cantagalo conta com uma ambulância de suporte básico do tipo B, que é destinada ao atendimento pré-hospitalar de pacientes com risco de vida desconhecido, mas não classificado como potencial necessidade de intervenção médica no local e/ou durante o transporte até o serviço de saúde mais próximo. A equipe é composta por quatro técnicos de enfermagem socorristas, quatro condutores socorristas e pela coordenadora de base.
A coordenadora lembrou também que as chamadas de urgências e emergências para atendimento do Samu são feitas exclusivamente para o telefone padrão 192. O usuário, neste caso, será atendido pelo médico regulador da central médica, que fica em Petrópolis. A ligação é gratuita de qualquer telefone, incluindo aparelhos de celular. O serviço funciona 24 horas por dia.
A secretária municipal de Saúde, Vânia Huguenin, elogiou o trabalho da equipe e lembrou que nesses dois anos a base do Samu tem sido custeada exclusivamente com recursos da Prefeitura. “É um custo alto, mas um serviço indispensável para a nossa população. Ainda estamos tentando a participação financeira dos governos estadual e federal para que possamos oferecer ainda mais qualidade. No entanto, estamos muito satisfeitos com o trabalho da equipe e os elogios recebidos por parte daqueles que já necessitaram desse serviço”, declarou.
O prefeito Saulo Gouvêa fez referência ao vice-prefeito Edivaldo Oliveira como um grande parceiro e lembrou que a ambulância do Samu estava parada no município há mais de três anos. “Esta ambulância estava parada, se deteriorando, e nós conseguimos, com muito empenho, fazer com que todo esse sistema funcionasse para que nós pudéssemos ter o Samu”, completou.
O prefeito aproveitou para citar números referentes às quedas de arrecadação de 2013 para cá, o que prejudicou as ações previstas e idealizadas em todos os setores do governo e ainda citou que o município é respeitado pela sua seriedade e transparência nos atos públicos, citando, como referência, uma reunião do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ), quando um dos conselheiros fez referência a Cantagalo como exemplo a ser seguido. “Quero honrar meu compromisso de fazer gestão, uma coisa que está faltando nas administrações públicas deste país”, destacou, parabenizando toda a equipe pelo excelente trabalho do Samu no município.
A comemoração foi encerrada com um coquetel e até um bolo, confeccionado especialmente para a data, destacando os dois anos da unidade, o número padrão do sistema – o 192 – e as cores vermelha e branca. Até uma ambulância tamanho brinquedo foi confeccionada.
Além do prefeito Saulo Gouvêa, do vice-prefeito Edivaldo Oliveira, e da secretária municipal de Saúde, Vânia Huguenin, participaram do evento os vereadores Zé da Uta e Manoela do Paraíba, além de secretários, assessores e representantes de vários segmentos da sociedade.
Redação/Fotos: Gilmar Marques

Deixe uma resposta