Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social presta assistência a famílias desabrigadas

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post comments:0 Comentários

Pasta terá R$ 10 milhões para reforçar ações de apoio a municípios atingidos

Levantamento deverá apontar famílias que podem receber Aluguel Social

SEDSODH também recolhe doações no prédio da Central do Brasil

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDSODH) está mobilizada desde a noite de sexta-feira (24/1) para apoiar os municípios das regiões Norte e Noroeste do Estado do Rio de Janeiro na assistência a moradores atingidos pelo forte temporal. O governador Wilson Witzel anunciou um reforço de R$ 10 milhões para a SEDSODH realizar a aquisição de cestas básicas, água mineral e colchonetes para atender as famílias desabrigadas e desalojadas.  Mais R$ 13 milhões serão destinados às pastas da Defesa Civil e Saúde.

secretária Fernanda Titonel sobrevoou a região neste domingo (26), junto com o governador e outros secretários, e visitou alguns locais em Porciúncula e Itaperuna. “Acompanhamos de perto o drama de famílias que perderam tudo ou quase tudo com as inundações. Muitos estão abrigados em escolas, igrejas e casas de parentes e amigos. Nos solidarizamos com essas famílias que perderam seus bens materiais e reforçamos nosso apoio aos municípios para enfrentar os estragos dessa tragédia natural”, disse ela.

Uma equipe coordenada pela subsecretária de Assistência Social e Segurança Alimentar, Cristiane Lamarão, também chegou à região no início da noite para visitar pessoalmente os locais e oferecer auxílio, além de verificar as demandas das prefeituras pelo programa Aluguel Social, que concede ajuda financeira a famílias atingidas por calamidades públicas. Em Bom Jesus do Itabapoana, a subsecretária conversou com desabrigados, voluntários e representantes de órgãos municipais que auxiliam as famílias.

Um levantamento sobre as necessidades de cada município começou a ser feito já durante todo o dia de sábado junto às prefeituras. Até o início da noite deste domingo, a SEDSODH recebeu solicitações para ajudar principalmente com água potável, cestas básicas e kits de limpeza. As maiores demandas chegam de Itaperuna, Laje do Muriaé e Porciúncula, que, juntas, estimam mais de 8 mil desalojados ou desabrigados. Houve ainda pedidos de Bom Jesus do Itabapoana, Cardoso Moreira, Miracema, Natividade, Santo Antônio de Pádua e São Francisco do Itabapoana.

A Secretaria também disponibilizou suas instalações no prédio da Central do Brasil, no Centro do Rio de Janeiro (Praça – sala 760), para receber doações da população. Itens como água mineral, alimentos não perecíveis, material de higiene, roupas, roupa de cama, toalhas, colchonetes e material de limpeza podem ser doados.  Informações sobre doações no local podem ser dadas pelos telefones (21) 2334-9516 (das 9 às 17h) e (21) 97297-8452. Veja mais pontos de coleta aqui: http://bit.ly/PontosdeColetaRJ.

Além de Fernanda Titonel, os secretários de Saúde, Edmar Santos; de Governo e Relações Institucionais, Cleiton Rodrigues, e de Agricultura, Pecuária e Pesca, Marcelo Queiroz, acompanham o governador na região. Eles vão percorrer outros pontos em Itaperuna e outras cidades e se reunir com autoridades regionais na manhã desta segunda-feira (27).

Mais sobre a tragédia

O número de famílias atingidas pelas cheias no Estado do Rio está sendo contabilizado por prefeituras de 16 municípios: Aperibé, Bom Jesus de Itabapoana, Cambuci, Campos dos Goytacazes, Cardoso Moreira, Italva, Itaperuna, Laje do Muriaé, Miracema, Natividade, Porciúncula, Santo Antônio de Pádua. São Francisco do Itabapoana, São João da Barra, São José de Ubá e Varre-Sai. 

Até o momento, não há notícias de vítimas fatais. O auxiliar de padeiro Taciano dos Reis Gama, de 19 anos, está desaparecido e as buscas a ele continuam por parte do Corpo de Bombeiros. Taciano pulou nas águas do Rio Muriaé, da ponte principal de Itaperuna, junto com mais três amigos, mas a força da correnteza os arrastou. Alguns quilômetros depois, os outros jovens conseguiram chegar às margens e passam bem.
Foto: A secretária Fernanda Titonel participa da comitiva liderada pelo governadorFoto2: A subsecretária Cristiane Lamarão e equipe visitaram abrigos em Bom Jesus e Itaperuna (na foto com Aline Gomes, de 30 anos, abrigada em uma escola de Itaperuna com o filho Lucas, 3)Assessoria de Comunicação da SEDSODH
Rosayne Macedo – (21) 98117-7187 / Vinicius Marins – (21) 98787-2779
comunicacao.sedsdh@gmail.com / ascom@sedsdh.rj.gov.br

Deixe uma resposta