Subseção de Cantagalo e sala em Bom Jardim são inauguradas

Subseção de Cantagalo e sala em Bom Jardim são inauguradas

O presidente Felipe Santa Cruz esteve na Região Serrana na quinta-feira, dia 23, para inaugurar a nova sala do advogado de Bom Jardim e reinaugurar a sede de Cantagalo, que foi completamente reformada nos padrões do projeto OAB Século 21.
A nova sala de Bom Jardim, que faz parte da subseção de Nova Friburgo, fica na mesma rua do fórum da cidade e tem um computador e uma impressora. A presidente da subseção local, Mônica Bonin, destacou as condições precárias do fórum da comarca. “Na verdade, a gente queria estar inaugurando essa sala em um fórum decente. Se o fórum daqui não é o pior do estado é, com certeza, um dos piores. Mas os advogados de Bom Jardim terão conforto e condições de trabalho nesta sala”, disse.
O diretor do Departamento de Apoio às Subseções, Carlos André Pedrazzi, concordou que o fórum de Bom Jardim não está em boas condições e lembrou que a advocacia da cidade sofreu com as enchentes que assolaram a região em 2011. “Iremos cobrar a construção de um fórum a altura da advocacia da cidade, mas, enquanto isso, esse espaço irá melhorar as condições de trabalho dos colegas. A advocacia de Bom Jardim é guerreira”.
Felipe afirmou que é inadmissível existir um fórum em condições tão precárias no Estado. “Com um Judiciário tão rico, como é o do Rio de Janeiro que tem 180 carros importados não é aceitável termos um fórum nessas condições. Precisamos de um judiciário eficiente para a população”, disse.
Em Cantagalo, reforma e homenagens
Para Felipe a reinauguração da sede da subseção de Cantagalo, totalmente reformada, é o resgate de uma dívida com a advocacia da cidade. Ele destacou que a mudança só foi possível graças ao projeto OAB Século 21, que tem marcenaria própria, o que diminui o custo das reformas. A crise, política e econômica, que o Brasil atravessa também foi lembrada por Felipe. “A situação do país nos desafia todos os dias e a Ordem tem que entender o momento e entender, também, que a advocacia não pensa de maneira uniforme. Nosso papel é defender a Constituição e o país. Somos defensores da democracia”, afirmou.
O tesoureiro da Seccional e presidente da Comissão de Prerrogativas, Luciano Bandeira, ressaltou o trabalho de interiorização dos serviços da Ordem, para que os advogados tenham as mesmas condições de trabalho que os colegas da capital. “O dinheiro da anuidade é revertido em serviços e estrutura, está investido aqui. Vamos continuar lutando pelos anseios de cada subseção e pela advocacia do Rio de Janeiro”.
A nova sede da OAB/Cantagalo tem um auditório com capacidade para vinte pessoas, uma central de peticionamento eletrônico com três computadores e um escritório compartilhado. O fundador e primeiro presidente da subseção, Roberto César Richa, foi homenageado com o nome do auditório. O escritório compartilhado foi nomeado de José Leopoldo Rodrigues Goulart, também ex-presidente da subseção.
O presidente da subseção Cantagalo, Pedro Rogério da Silva, agradeceu, emocionado, a reforma da sede e a presença maciça dos presidentes de subseção para prestigiar a inauguração. Os presidentes das subseções de Cambuci, Alex Bittencourt; de Iguaba Grande, Margoth Silvana Cardoso; de São Fidélis, Rodrigo Stellet; de Petrópolis, Marcelo Schaefer; de Teresópolis, Rodrigo Cunha; de Cordeiro, Wilson Vieitas; de Santo Antônio de Pádua, Adauto Furlani e de Belford Roxo, Abelardo Tenório estiveram presentes. Os coordenadores regionais do DAS da capital, Ricardo Menezes, e da Região Serrana, Jefferson de Faria Soares; o procurador-geral da Seccional, Fábio Nogueira e o vice-presidente da Caarj, Fred Mendes também participaram da inauguração. Fonte: redação da Tribuna do Advogado

Deixe uma resposta