Bombeiros doam sangue como protesto pelo atraso de pagamento do Estado

Bombeiros doam sangue como protesto pelo atraso de pagamento do Estado

Cerca de 30 bombeiros ativos e inativos de Nova Friburgo e cidades próximas doaram sangue na manhã desta terça-feira (10) no Hemocentro do Hospital Municipal Raul Sertã. A doação foi uma forma de protesto por causa dos atrasos nos salários por parte do governo estadual. O movimento aconteceu em todo o estado do Rio de Janeiro.O secretário da Defesa Civil de Nova Friburgo, Cel. João Paulo Mori, participou da ação e fala dos motivos do protesto. “Nós estamos fazendo um movimento pacífico mostrando que os bombeiros, mesmo depois de mais de 30 anos de serviços, que é o meu caso, continuamos ajudando a população. Infelizmente não há previsão de pagamento dos inativos e pensionistas. Nós, bombeiros, trabalhamos há tantos anos e depois de tudo isso, quando se espera ter uma aposentadoria mais tranquila não temos a certeza do nosso salário. Uma forma que encontramos de protestar foi doando sangue para mostrar que mesmo inativos, nós continuamos ajudando a população.”

O coronel inativo Remo Noronha veio do Carmo para participar da manifestação. “Nós tivemos a ideia de fazer um movimento para que sejamos lembrados pelo Estado. Se estamos vivos, somos capazes de doar sangue. Somos pessoas do bem, e só fizemos o bem, então, não podemos ser esquecidos pelo Estado. Os bombeiros são, antes de tudo, solidários. Nós compreendemos o sofrimento humano e não deixamos as pessoas sofrerem sozinhas. Esse movimento é também para o bem da sociedade.”

O Hemocentro Região Serrana, que fica no Raul Sertã atende, além de Nova Friburgo, outras 13 cidades vizinhas. As doações podem ser realizadas de 2ª a 6ª feira das 8h às 11h30min. A documentação exigida para doação pode ser o RG, carteira de trabalho, carteira de motorista, certificado de reservista ou passaporte.

Texto: Ana Carolina Romanelli
Fotos: Daniel Marcus

Deixe uma resposta