Jovem estuprada recebe ameaças até de fora do RJ, diz secretário

Jovem estuprada recebe ameaças até de fora do RJ, diz secretário

Segundo Paulo Mello, família tem medo de vingança de traficantes.
Jovem está sob proteção do governo federal.

 Henrique CoelhoDo G1 Rio

O secretário de assistência social e direitos humanos, Paulo Mello, afirmou que a menor que sofreu um estupro coletivo na Praça Seca, Zona Oeste do Rio, e sua família (pai, mãe, avó, irmão e filho) já estão sob proteção do governo federal.  A vítima ingressou na segunda feira no Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados do Governo Federal, mas a transição da guarda da menor acontece nesta terça-feira (30).

“Ela recebeu ameaças até de gente de fora do Rio. A família dela tem como maior medo uma possível vingança desses traficantes”, afirmou o secretário. Segundo Paulo Melo, a jovem garantiu que foi violentada e abusada. “Me impressionou à disposição dela em recomeçar e ir embora. Conversei com ela durante uma hora”, afirmou o secretário.

Deixe uma resposta