Secretário de Transportes participa da viagem inaugural do centésimo trem comprado pelo Governo do Estado

Secretário de Transportes participa da viagem inaugural do centésimo trem comprado pelo Governo do Estado

O secretário de Estado de Transportes, Rodrigo Vieira, participou, nesta quinta-feira (16/06), da viagem inaugural do centésimo trem chinês comprado pelo Governo do Estado. Além de ar condicionado, as composições contam com tecnologia de ponta, interiores mais amplos, passagem entre os carros, painéis de LED, circuito interno de TV, bagageiros e um moderno sistema de comunicação interativa entre o trem e o Centro de Controle Operacional da concessionária.

Na ocasião, também houve a entrega da Estação Olímpica Magalhães Bastos, do Ramal Santa Cruz, totalmente revitalizada. A estação é a segunda a passar por um processo de modernização por ser considerada estratégica para os Jogos Rio 2016. A primeira foi Ricardo de Albuquerque, concluída em fevereiro desse ano. As demais estações (Vila Militar, Deodoro, Engenho de Dentro e São Cristóvão) serão entregues ao longo do mês de julho.

– São reformas que focam na acessibilidade, na melhoria da ambiência da estação, na instalação de novos equipamentos, como elevadores e catracas. Atualmente, a concessionária faz o transporte de cerca de 700 mil passageiros por dia. Nas Olimpíadas, a expectativa é que 2,1 milhões passageiros utilizem o sistema ferroviário – destacou o secretário.

Os 100 trens chineses têm capacidade para transportar aproximadamente 120 mil passageiros, o que representa até 24 mil carros de passeio a menos nas ruas. Além disso, desde 2014, os passageiros desse modal contam com mais dez modernos trens nacionais.

– O Governo do Estado, em conjunto com a SuperVia, tem feito uma série de investimentos no setor ferroviário. São cerca de R$ 3 bilhões aplicados não só em novas composições, mas na melhoria da via permanente, da rede elétrica, do sistema de sinalização. Sabemos que a concessionária ainda precisa melhorar, mas o Estado está presente e tem acompanhado a prestação do serviço. Vamos continuar cobrando, pois queremos que seja oferecido um serviço de qualidade à população – afirmou o secretário.

A segunda etapa do processo de renovação da frota prevê a incorporação de mais 12 trens chineses, adquiridos, recentemente, pelo Governo do Estado. Com a modernização do sistema, os trens mais antigos têm saído de circulação. Desde 2011, 78 composições antigas, algumas com mais de 50 anos de uso, foram aposentadas. A idade média da frota, que já foi de 30 anos, atualmente está em 18 anos.

Estação Olímpica Magalhães Bastos

As obras de melhorias na Estação Magalhães Bastos foram iniciadas em setembro de 2015, contemplando ampliação do mezanino, reforma da fachada, nivelamento e cobertura de plataformas, e revitalização da iluminação. Para atender aos padrões internacionais de acessibilidade, a estação agora possui dois elevadores que ligam o mezanino às plataformas, bem como piso tátil. Também foi instalada uma rampa para o novo acesso dos passageiros pela Estrada São Pedro de Alcântara.

– Chegaremos às Olimpíadas com todos os 110 novos trens em circulação. Isso significará mais conforto, agilidade e segurança às viagens dos milhares de passageiros e visitantes que utilizarão o modal ferroviário durante os Jogos Olímpicos. O trem do Rio está de cara nova para esse evento tão importante, com frota modernizada e estações estratégicas. As Olimpíadas vieram para nos motivar ainda mais nessa transformação e deixarão um legado para o transporte sobre trilhos. Reconquistamos a confiança dos passageiros e, dia após dia, estamos recuperando a maior malha ferroviária de transporte de passageiros do Brasil – ressaltou o presidente da SuperVia, Herbert Quirino.

 

Créditos: Henrique Freire

Deixe uma resposta