Agricultura do Rio e Ambev vão fomentar produção de frutas no estado

Parceria vai identificar áreas com vocação para o cultivo de frutas que serão usadas na fabricação dos sucos da Do Bem.

  A secretaria estadual de Agricultura e a Ambev assinaram hoje (24) um termo de cooperação para ampliar a produção de frutas no estado. O intuito é que parte dos sucos da Do Bem, empresa que passou a fazer parte do portfólio de não alcoólicos da Ambev, possa ser produzidos com frutas cultivadas por pequenos produtores da região fluminense.

Neste primeiro momento, a parceria vai avaliar a vocação produtiva desses locais e indicar as melhores frutas para cada um deles. Após esse estudo de viabilidade, a proposta é investir em boas práticas no cultivo de frutas, ampliando a capacidade fruticultora em diversas regiões do estado do Rio de Janeiro.

Um próximo passo da Ambev é a utilização das frutas cultivadas localmente na fabricação dos Sucos do Bem, na planta de Cachoeira de Macacu,  caso a compra da fábrica seja aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica.

– Estamos muito contentes em poder fomentar as boas práticas na produção de frutas no estado, afinal unimos duas partes importantes de nossa história: as frutas e o Rio de Janeiro. Este anúncio só reforça o que já dissemos no momento da parceria: com a Ambev se tornou real o sonho da do Bem de levar nossas bebidas para mais consumidores, por isso precisamos de mais frutas –   comentou Marcos Leta,  fundador da marca Do Bem.

Na ocasião o secretário estadual de Agricultura, Christino Áureo, destacou que o trabalho desenvolvido pela secretaria segue os preceitos de sustentabilidade.

– Há muito tempo estimulamos as cadeias produtivas ao invés de focar nos produtos isoladamente. Essas iniciativas têm como base o nosso programa Rio Rural, que através de recursos do Banco Mundial promove a agricultura sustentável.  Atualmente trabalhamos em 350 microbacias hidrográficas, atendendo a 48 mil famílias de produtores em todo o estado. Com a assinatura deste documento vamos identificar e fomentar a produção de frutas para abastecer essa iniciativa.  Somos uma secretaria empreendedora,  que atua próxima ao grande mercado consumidor com uma logística muito boa. Na safra 2013/14, por exemplo, o estado produziu 150 mil  toneladas de abacaxi e 1,8 mil toneladas de morango. A produção de cítricos, especialmente de tangerina Ponkan, vem apresentando desde 2011 uma curva ascendente.

Ambev e o Rio de Janeiro

Além do investimento na agricultura do estado, até o final de 2016, a Ambev pretende inaugurar um Centro de inovação e Tecnologia na Ilha do Fundão. O polo  ocupará área de cerca de 16.000 m² dentro de um parque tecnológico, onde serão desenvolvidas pesquisas para a criação de novas bebidas.  Inicialmente, a unidade empregará diretamente cerca de 50 pessoas diretas, com potencial de saltar para 80 vagas em breve. No Estado do Rio de Janeiro gera cerca de 152 mil empregos entre diretos, indiretos e induzidos.

 

Deixe uma resposta