Prefeito de Trajano Rodrigo Viana e vice Matias Mendes estudam reestruturação administrativa em Trajano

Prefeito de Trajano Rodrigo Viana e vice Matias Mendes estudam reestruturação administrativa em Trajano

A medida tem urgência, e já está sendo estudada. O prefeito de Trajano de Moraes, Rodrigo Viana, e o vice Matias Mendes começaram a definir ações para os próximos quatro anos. As ocupações essenciais serão mantidas com mão de obra pública, ou seja, pelos servidores municipais, como é o caso de Serviços Públicos, Obras e Saúde. A iniciativa prevê uma redução grande nos gastos públicos, e uma delas é que estão suspensas até a conclusão da reforma a contratação de cargos, exceto de necessidade para o andamento dos trabalhos. A Pandemia segundo eles é sim um dos problemas que atualmente afeta diretamente a queda no orçamento municipal, assim como no Estado e no País.

As tratativas estão sendo coordenadas em comum acordo e com parecer Jurídico Municipal e Administração Pública, o que dará mais aporte e instrução com relação ao assunto. Eles acreditam que a Prefeitura precisará de pelo menos alguns meses para colocar a ação em dia, e acertar as perdas financeiras ocasionadas pela Pandemia Coronavírus nos últimos meses. Encontros para debater as reformulações estão ocorrendo e seguirão sendo realizadas, reunindo os chefes do Executivo.

“São ajustes, nada de anormal. É que quando você está à frente da Prefeitura, vai corrigindo e aperfeiçoando o governo. A prioridade segue sendo as ações de combate à pandemia, bem como a conclusão de projetos que estão em andamento, principalmente relacionados à potencialização da economia e à desburocratização de setores. Não podemos e não vamos deixar a máquina pública parada. Estamos estudando formas e meios de resolver esse problema financeiro vivido no Estado e no País. A experiência de vida privada de Matias Mendes ajudará muito também nesse futuro passo”, acredita o prefeito Rodrigo Viana.

As mudanças segundo o vice-prefeito Matias Mendes não vão afetar a prestação e a qualidade dos serviços da Prefeitura. Ainda de acordo com ele, a iniciativa que será apresentada em breve demonstrará claramente a preocupação em ter uma das gestões mais econômica e com maior atendimento à população. Essa iniciativa tem dois grandes eixos, um voltado para a área econômica e outro para o campo social, ou seja, realocar os profissionais cada um em sua área.

“O primeiro objetivo dessa reforma é aperfeiçoar o trabalho da Prefeitura, trazer ainda mais qualidade aos serviços. E também garantir economia de recursos públicos num momento tão delicado da vida pública no país, numa crise que afeta os governos no Brasil inteiro. Diria até que será decisiva para cumprirmos com as obrigações e investir na cidade e na qualidade de vida da população”, concluiu o vice-prefeito Matias Mendes.